terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Filho mata a própria mãe a tiros na zona rural de Cupira

Colaboração para imagens e informações do repórter Josival Ricardo/plantão policial 
Na noite da segunda-feira (23), um elemento matou a própria mãe a tiros no Sítio Serra Verde de Aprígio, na zona rural de Cupira, Agreste do estado de Pernambuco. 

Segundo informações da polícia, Maria Ambrosina da Silva, de 61 anos de idade, estava com o filho, identificado apenas por "Henrique", quando o fato aconteceu no interior da casa que eles moravam. Ainda de acordo com a polícia, a mulher foi assassinada com dois tiros de arma de grosso calibre e na cena do crime, segundo o Perito Criminal, Dr. Cleomarcio Miguel, havia sinal de ter havido luta corporal entre mãe e filho.

Os familiares trataram o caso como morte acidental, porém esta hipótese foi descartada pelo Delegado de Policia Civil, Dr. Bruno Bezerra, já que após o crime o suspeito fugiu e a arma não foi encontrada no local do crime. 
Polícia Militar realizou o isolamento da área do crime e após a equipe do IC (Instituto de Criminalística) realizar o levantamento cadavérico, o corpo foi encaminhado para o IML (Instituto de Medicina Legal) da cidade de Caruaru. 

Com este crime sobe pra dois, o número de homicídios no ano de 2018 no município de Cupira


                  blog manhã nordestina.

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Filho mata a própria mãe a tiros na zona rural de Cupira

Colaboração para imagens e informações do repórter Josival Ricardo/plantão policial 
Na noite da segunda-feira (23), um elemento matou a própria mãe a tiros no Sítio Serra Verde de Aprígio, na zona rural de Cupira, Agreste do estado de Pernambuco. 

Segundo informações da polícia, Maria Ambrosina da Silva, de 61 anos de idade, estava com o filho, identificado apenas por "Henrique", quando o fato aconteceu no interior da casa que eles moravam. Ainda de acordo com a polícia, a mulher foi assassinada com dois tiros de arma de grosso calibre e na cena do crime, segundo o Perito Criminal, Dr. Cleomarcio Miguel, havia sinal de ter havido luta corporal entre mãe e filho.

Os familiares trataram o caso como morte acidental, porém esta hipótese foi descartada pelo Delegado de Policia Civil, Dr. Bruno Bezerra, já que após o crime o suspeito fugiu e a arma não foi encontrada no local do crime. 
Polícia Militar realizou o isolamento da área do crime e após a equipe do IC (Instituto de Criminalística) realizar o levantamento cadavérico, o corpo foi encaminhado para o IML (Instituto de Medicina Legal) da cidade de Caruaru. 

Com este crime sobe pra dois, o número de homicídios no ano de 2018 no município de Cupira


                  blog manhã nordestina.

Página no Facebook

 

Manhã Nordestina Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger