sábado, 13 de outubro de 2018

Músico pernambucano realiza o sonho de ser piloto e faz planos para competir na categoria criada no Brasil pelos irmãos Fittipaldi



Do som do acordeão para o ronco dos motores. O músico pernambucano Mahatma Costa, reconhecido mundialmente, realizou um sonho de infância: competir numa prova de automobilismo no tradicional autódromo de Interlagos, em São Paulo.

O jovem músico de Olinda fez no último sábado a sua estreia na Fórmula Vee, categoria criada há 51 anos no Brasil pelos irmãos Emerson e Wilsinho Fittipaldi. E logo nesta primeira prova, o agora músico e piloto garantiu um lugar no pódio, ao terminar na sexta posição.

O acordeonista coleciona muitas apresentações que lhe renderam fama internacional. Ele já dividiu palco com grandes nomes como Dominguinhos, Osvaldinho, Elba Ramalho, entre muitos outros. Mahatma é detentor de três títulos mundiais que premiam os melhores no acordeão.

O músico de 35 anos declarou que sempre teve vontade de competir no automobilismo, mas faltava oportunidade. Durante algumas viagens ele aumentou o contato com os carros de corrida e seu interesse pelo esporte. Até surgir a chance de fazer um curso de pilotagem com uma das principais instrutoras do país e que também já fez parte do showbizz: Suzane Carvalho.

Única brasileira campeã no automobilismo e no motociclismo, Suzane Carvalho é hoje instrutora do curso de pilotagem da Fórmula Vee. Antes de seguir carreira nas pistas, ela foi modelo (chegou a ser capa de revistas como a Playboy), atriz de novelas da TV Globo e apresentadora.

Assim, Mahatma fez na quinta-feira da semana passada o curso de pilotagem. Na sexta, já estava participando do treino livre para a 8ª etapa do Campeonato Paulista de Fórmula Vee. E no sábado entrou na pista para disputar duas provas. Na primeira, ele não conseguiu terminar a corrida e abandonou a quatro voltas do final. Mas na segunda foi premiado com a sexta posição, e garantiu um lugar no pódio.

“Maravilha. Foi uma grande alegria poder chegar entre os seis primeiros, para mim é uma satisfação incrível. Graças à grande professora Suzane Carvalho, que me deu esse apoio, aos pilotos, que me ajudaram muito, e à toda equipe F/Promo Racing. Só vou levar alegria para o Nordeste.”

O músico ainda almeja novos passos na vida de piloto. Segundo ele, a intenção é competir no Campeonato Paulista em 2019. Uma curiosidade em relação ao nome do novo piloto da categoria: foi dado pelo pai em homenagem a Mahatma Gandhi, o indiano que se tornou um dos maiores líderes pacifistas da história.


No Brasil, a FVee completou 50 anos de atividade em 2017 e já revelou grandes nomes do automobilismo nacional, como os irmãos Emerson e Wilsinho Fittipaldi, Nelson Piquet e José Carlos Pace. É a categoria mais acessível e barata do país. Este ano, foi criada a FVee Júnior, reconhecida como categoria-escola pela CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo), destinada a jovens pilotos de 15 a 18 anos. Até hoje, a FVee se destaca como a porta de entrada para quem quer fazer carreira nas pistas.


O MÚSICO PARTICIPOU A CONVITE DO AMIGO  MARCELO SANTA CRUZ, DA GRAVAÇÃO DO HINO DE BREJO DA MADRE DE DEUS EM 2017




blog manhã nordestina.

sábado, 13 de outubro de 2018

Músico pernambucano realiza o sonho de ser piloto e faz planos para competir na categoria criada no Brasil pelos irmãos Fittipaldi



Do som do acordeão para o ronco dos motores. O músico pernambucano Mahatma Costa, reconhecido mundialmente, realizou um sonho de infância: competir numa prova de automobilismo no tradicional autódromo de Interlagos, em São Paulo.

O jovem músico de Olinda fez no último sábado a sua estreia na Fórmula Vee, categoria criada há 51 anos no Brasil pelos irmãos Emerson e Wilsinho Fittipaldi. E logo nesta primeira prova, o agora músico e piloto garantiu um lugar no pódio, ao terminar na sexta posição.

O acordeonista coleciona muitas apresentações que lhe renderam fama internacional. Ele já dividiu palco com grandes nomes como Dominguinhos, Osvaldinho, Elba Ramalho, entre muitos outros. Mahatma é detentor de três títulos mundiais que premiam os melhores no acordeão.

O músico de 35 anos declarou que sempre teve vontade de competir no automobilismo, mas faltava oportunidade. Durante algumas viagens ele aumentou o contato com os carros de corrida e seu interesse pelo esporte. Até surgir a chance de fazer um curso de pilotagem com uma das principais instrutoras do país e que também já fez parte do showbizz: Suzane Carvalho.

Única brasileira campeã no automobilismo e no motociclismo, Suzane Carvalho é hoje instrutora do curso de pilotagem da Fórmula Vee. Antes de seguir carreira nas pistas, ela foi modelo (chegou a ser capa de revistas como a Playboy), atriz de novelas da TV Globo e apresentadora.

Assim, Mahatma fez na quinta-feira da semana passada o curso de pilotagem. Na sexta, já estava participando do treino livre para a 8ª etapa do Campeonato Paulista de Fórmula Vee. E no sábado entrou na pista para disputar duas provas. Na primeira, ele não conseguiu terminar a corrida e abandonou a quatro voltas do final. Mas na segunda foi premiado com a sexta posição, e garantiu um lugar no pódio.

“Maravilha. Foi uma grande alegria poder chegar entre os seis primeiros, para mim é uma satisfação incrível. Graças à grande professora Suzane Carvalho, que me deu esse apoio, aos pilotos, que me ajudaram muito, e à toda equipe F/Promo Racing. Só vou levar alegria para o Nordeste.”

O músico ainda almeja novos passos na vida de piloto. Segundo ele, a intenção é competir no Campeonato Paulista em 2019. Uma curiosidade em relação ao nome do novo piloto da categoria: foi dado pelo pai em homenagem a Mahatma Gandhi, o indiano que se tornou um dos maiores líderes pacifistas da história.


No Brasil, a FVee completou 50 anos de atividade em 2017 e já revelou grandes nomes do automobilismo nacional, como os irmãos Emerson e Wilsinho Fittipaldi, Nelson Piquet e José Carlos Pace. É a categoria mais acessível e barata do país. Este ano, foi criada a FVee Júnior, reconhecida como categoria-escola pela CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo), destinada a jovens pilotos de 15 a 18 anos. Até hoje, a FVee se destaca como a porta de entrada para quem quer fazer carreira nas pistas.


O MÚSICO PARTICIPOU A CONVITE DO AMIGO  MARCELO SANTA CRUZ, DA GRAVAÇÃO DO HINO DE BREJO DA MADRE DE DEUS EM 2017




blog manhã nordestina.

Página no Facebook

 

Manhã Nordestina Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger