sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Asfora assegura pré-candidatura e fala sobre polêmico áudio vazado em Brejo



Fotos: Janielson Santos.

Prefeito em Brejo da Madre de Deus em três oportunidades, Roberto Asfora (PSC), garante que será candidato mais uma vez, em 2020. Ele esteve na tarde desta sexta-feira (15), no programa Rádio Debate da Rádio Polo, onde falou sobre essa possibilidade e fez duras críticas aos adversários Hilário Paulo e Dr. Edson, atual prefeito e secretário de saúde do município, respectivamente.
Durante a participação, Asfora também respondeu sobre áudio polêmico dele, que acabou vazando. Na mensagem, ele afirma que ‘se não fosse candidato seria o filho Robertinho e ainda chama o ex-deputado federal, Bruno Araújo de bandido’.

De acordo com Asfora, o prefeito Hilário Paulo foi indicado em 2016 por Dr. Edson para disputa majoritária, pela ‘suposta facilidade de controle’ que o ex-prefeito teria.

“Colocou para ser ‘boneco’ dele (Dr. Edson)”, critica e acrescenta em outro momento que Hilário ‘não sabe o que é gestão, nem administração e tem sacrificado o município’.

Ao ser questionado sobre ‘não dar espaço’ para outros integrantes da oposição, disse que ‘o povo decidirá’ em pesquisas qualitativas e quantitativas, que podem ser realizadas.
Conversa – O ex-prefeito afirmou que ainda não conversou com os outros pré-candidatos no campo oposicionista: Bolão, Josevaldo Lopes e Rubinho Nunes. No entanto, assegura que ainda tem tempo para isso.



Preparação –Roberto Asfora assegurou que nos bastidores políticos em Brejo, o nome do secretário Fraylan Mota, está sendo trabalhado para disputa eleitoral. “Hoje, se tivesse uma eleição, ele perderia feio. Mas, não dá para fazer uma previsão de eleição que acontece daqui há 18 meses”
Bandido? – Sobre trecho de áudio vazado em que faz pesadas críticas ao ex-deputado federal, Bruno Araújo (PSDB), o chamado de bandido, se mostra arrependido e diz que foi ‘em um momento de um problema jurídico sério, em que o próprio Bruno também teria falado que faria força para que Asfora perdesse o mandato’.

“Foi um arroubo meu, evidentemente, no privado para uma pessoa. Para mim se limita nisso e mais nada”, disse, acrescentando que respeita as instituições.



Confira a entrevista e o Programa desta sexta, na integra:
15 
fevereiro

Blog manhã nordestina.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Asfora assegura pré-candidatura e fala sobre polêmico áudio vazado em Brejo



Fotos: Janielson Santos.

Prefeito em Brejo da Madre de Deus em três oportunidades, Roberto Asfora (PSC), garante que será candidato mais uma vez, em 2020. Ele esteve na tarde desta sexta-feira (15), no programa Rádio Debate da Rádio Polo, onde falou sobre essa possibilidade e fez duras críticas aos adversários Hilário Paulo e Dr. Edson, atual prefeito e secretário de saúde do município, respectivamente.
Durante a participação, Asfora também respondeu sobre áudio polêmico dele, que acabou vazando. Na mensagem, ele afirma que ‘se não fosse candidato seria o filho Robertinho e ainda chama o ex-deputado federal, Bruno Araújo de bandido’.

De acordo com Asfora, o prefeito Hilário Paulo foi indicado em 2016 por Dr. Edson para disputa majoritária, pela ‘suposta facilidade de controle’ que o ex-prefeito teria.

“Colocou para ser ‘boneco’ dele (Dr. Edson)”, critica e acrescenta em outro momento que Hilário ‘não sabe o que é gestão, nem administração e tem sacrificado o município’.

Ao ser questionado sobre ‘não dar espaço’ para outros integrantes da oposição, disse que ‘o povo decidirá’ em pesquisas qualitativas e quantitativas, que podem ser realizadas.
Conversa – O ex-prefeito afirmou que ainda não conversou com os outros pré-candidatos no campo oposicionista: Bolão, Josevaldo Lopes e Rubinho Nunes. No entanto, assegura que ainda tem tempo para isso.



Preparação –Roberto Asfora assegurou que nos bastidores políticos em Brejo, o nome do secretário Fraylan Mota, está sendo trabalhado para disputa eleitoral. “Hoje, se tivesse uma eleição, ele perderia feio. Mas, não dá para fazer uma previsão de eleição que acontece daqui há 18 meses”
Bandido? – Sobre trecho de áudio vazado em que faz pesadas críticas ao ex-deputado federal, Bruno Araújo (PSDB), o chamado de bandido, se mostra arrependido e diz que foi ‘em um momento de um problema jurídico sério, em que o próprio Bruno também teria falado que faria força para que Asfora perdesse o mandato’.

“Foi um arroubo meu, evidentemente, no privado para uma pessoa. Para mim se limita nisso e mais nada”, disse, acrescentando que respeita as instituições.



Confira a entrevista e o Programa desta sexta, na integra:
15 
fevereiro

Blog manhã nordestina.

Página no Facebook

 

Manhã Nordestina Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger