sexta-feira, 17 de maio de 2019

Após acidente em Jataúba, criança morre em hospital e polícia prende acusado por homicídio doloso  



Policiais civis da delegacia de Jataúba prenderam, de forma preventiva, José Josildo Sobrinho (idade não informada). Ele foi autuado por homicídio doloso e embriagues ao volante, após acidente que aconteceu no dia 8 de maio de 2019.
Na ocasião, ele bateu com o seu carro na traseira de uma moto, vitimando um homem e uma criança de 10 anos, que estava na garupa da moto.
Na noite dessa quinta-feira (16), foi confirmada a morte do menino, Lusandro Deivison Farias Júnior, que estava internado no Recife desde a noite o acidente.


Vítima de 10 anos estava internado e faleceu na noite dessa quinta-feira (16). Foto: Blog Jataúba News.

A polícia informou que Josildo foi conduzido e autuado em flagrante no dia do caso, mas havia sido liberado de forma provisória, após pagamento de fiança no valor de R$ 600,00.
Com a morte da criança, e consequente mudança do cenário criminal, o delegado Eymard Coutinho representou pela Prisão Preventiva, que foi acatada pelo Juiz da Vara Única de Jataúba, Dr. Murilo Borges.

 informações de Ney Lima




              Blog manhã nordestina.











sexta-feira, 17 de maio de 2019

Após acidente em Jataúba, criança morre em hospital e polícia prende acusado por homicídio doloso  



Policiais civis da delegacia de Jataúba prenderam, de forma preventiva, José Josildo Sobrinho (idade não informada). Ele foi autuado por homicídio doloso e embriagues ao volante, após acidente que aconteceu no dia 8 de maio de 2019.
Na ocasião, ele bateu com o seu carro na traseira de uma moto, vitimando um homem e uma criança de 10 anos, que estava na garupa da moto.
Na noite dessa quinta-feira (16), foi confirmada a morte do menino, Lusandro Deivison Farias Júnior, que estava internado no Recife desde a noite o acidente.


Vítima de 10 anos estava internado e faleceu na noite dessa quinta-feira (16). Foto: Blog Jataúba News.

A polícia informou que Josildo foi conduzido e autuado em flagrante no dia do caso, mas havia sido liberado de forma provisória, após pagamento de fiança no valor de R$ 600,00.
Com a morte da criança, e consequente mudança do cenário criminal, o delegado Eymard Coutinho representou pela Prisão Preventiva, que foi acatada pelo Juiz da Vara Única de Jataúba, Dr. Murilo Borges.

 informações de Ney Lima




              Blog manhã nordestina.











Página no Facebook