sábado, 26 de outubro de 2019

Política de Brejo em 2020 - Bartol Neves se diz pronto para mais uma disputa eleitoral e dispara: "Aqueles que dizem que Asfora não é candidato é por puro medo"



Pronto para mais um desafio eleitoral, desta forma está o comunicador Bartol Neves, que já se prepara para disputar mais uma vez o mandato de vereador na cidade de Brejo da Madre de Deus. Com o discurso forte e incisivo e sem fugir de polêmicas, ele pretende cegar forte às urnas em 2020.


A experiência - Em 2016, quando disputou pela primeira vez o mandato de vereador, Bartol Neves obteve 742 votos, ficando a frente de dois eleitos, inclusive ao atual presidente da Câmara brejense, Flávio Diniz. “Foi uma experiência muito intensa, onde me doei ao máximo e por muito pouco não alcancei meu objetivo”, disse ele, que seguiu, “mas em momento algum me culpei ou mesmo procurei culpados, pois sei que cumpri com minha missão e fiz o meu papel em 2016”.

As lições de 16 e a volta de Asfora - Quanto a eleição de 2020, Bartol se mostra confiante em seu novo projeto, assim como, aposta todas as suas fichas na volta do ex-prefeito Roberto Asfora. “Tenho certeza que em 2020 poderei repetir aquilo que deu certo em 2016, como também, corrigir aquilo que eu possa corrigir, para chegar bem no período eleitoral. Quanto a Roberto Asfora, como gestor do Brejo ele tem feitos e obras, mas o principal feito dele foi cuidar do seu povo, respeitar, principalmente a população mais carente do Brejo, um povo bom, que hoje não recebe o mesmo tratamento do atual prefeito e que sonha com a volta de Roberto”.


Puro medo - Bartol Neves rebateu ainda os adversários de Roberto Asfora, que duvidam que o mesmo terá condições jurídicas de disputar a prefeitura do Brejo na eleição do próximo ano. “Ele é candidatíssimo! Aqueles que dizem que Asfora não é candidato é por puro medo. Eles sabem que se o candidato em 2016 tivesse sido Roberto, Hilário jamais teria vencido aquela eleição”.


O único - Quanto a ‘fragmentação’ da oposição brejense, Bartol foi enfático. “O único que representa verdadeiramente a oposição do Brejo é Roberto Asfora, já que os outros são dissidentes do grupo Boca-Preta”.



A bomba - Bartol também comentou as declarações do médico Gil Brasileiro, aliado do grupo de situação brejense, e que em entrevista ao radialista Alberes Xavier, fez críticas ao prefeito Hilário Paulo, e defendeu os nomes do ex-prefeito Dr. Edson de Souza e do jovem Frailan Mota. “Seria muito bom a gente vê novamente Dr. Edson na gestão, pois ele conhece bem o Brejo da Madre de Deus, caso isso não seja possível, Frailan é um bom nome, pois ele terá a companhia de Edson e sua assessoria, para resolver esse problema de Brejo, que está sendo hoje”, disse Dr. Gil na entrevista a Alberes Xavier.


De tirar o sono - “Nada mais me surpreende no grupo de situação do Brejo, pois o prefeito perdeu totalmente o controle da administração e do próprio grupo onde ele está inserido, mas, o que me chama a atenção nessa entrevista é Dr. Gil ter falado, pois ele tem peso, sua palavra sempre é levada em consideração. Ele fala do grupo que ele mesmo ajudou a chegar a poder e uma declaração como essa é capaz de deixar o Hilário sem dormir por 3 dias”.

Informações de César Mello.




                   Blog manhã nordestina .

Nenhum comentário:

sábado, 26 de outubro de 2019

Política de Brejo em 2020 - Bartol Neves se diz pronto para mais uma disputa eleitoral e dispara: "Aqueles que dizem que Asfora não é candidato é por puro medo"



Pronto para mais um desafio eleitoral, desta forma está o comunicador Bartol Neves, que já se prepara para disputar mais uma vez o mandato de vereador na cidade de Brejo da Madre de Deus. Com o discurso forte e incisivo e sem fugir de polêmicas, ele pretende cegar forte às urnas em 2020.


A experiência - Em 2016, quando disputou pela primeira vez o mandato de vereador, Bartol Neves obteve 742 votos, ficando a frente de dois eleitos, inclusive ao atual presidente da Câmara brejense, Flávio Diniz. “Foi uma experiência muito intensa, onde me doei ao máximo e por muito pouco não alcancei meu objetivo”, disse ele, que seguiu, “mas em momento algum me culpei ou mesmo procurei culpados, pois sei que cumpri com minha missão e fiz o meu papel em 2016”.

As lições de 16 e a volta de Asfora - Quanto a eleição de 2020, Bartol se mostra confiante em seu novo projeto, assim como, aposta todas as suas fichas na volta do ex-prefeito Roberto Asfora. “Tenho certeza que em 2020 poderei repetir aquilo que deu certo em 2016, como também, corrigir aquilo que eu possa corrigir, para chegar bem no período eleitoral. Quanto a Roberto Asfora, como gestor do Brejo ele tem feitos e obras, mas o principal feito dele foi cuidar do seu povo, respeitar, principalmente a população mais carente do Brejo, um povo bom, que hoje não recebe o mesmo tratamento do atual prefeito e que sonha com a volta de Roberto”.


Puro medo - Bartol Neves rebateu ainda os adversários de Roberto Asfora, que duvidam que o mesmo terá condições jurídicas de disputar a prefeitura do Brejo na eleição do próximo ano. “Ele é candidatíssimo! Aqueles que dizem que Asfora não é candidato é por puro medo. Eles sabem que se o candidato em 2016 tivesse sido Roberto, Hilário jamais teria vencido aquela eleição”.


O único - Quanto a ‘fragmentação’ da oposição brejense, Bartol foi enfático. “O único que representa verdadeiramente a oposição do Brejo é Roberto Asfora, já que os outros são dissidentes do grupo Boca-Preta”.



A bomba - Bartol também comentou as declarações do médico Gil Brasileiro, aliado do grupo de situação brejense, e que em entrevista ao radialista Alberes Xavier, fez críticas ao prefeito Hilário Paulo, e defendeu os nomes do ex-prefeito Dr. Edson de Souza e do jovem Frailan Mota. “Seria muito bom a gente vê novamente Dr. Edson na gestão, pois ele conhece bem o Brejo da Madre de Deus, caso isso não seja possível, Frailan é um bom nome, pois ele terá a companhia de Edson e sua assessoria, para resolver esse problema de Brejo, que está sendo hoje”, disse Dr. Gil na entrevista a Alberes Xavier.


De tirar o sono - “Nada mais me surpreende no grupo de situação do Brejo, pois o prefeito perdeu totalmente o controle da administração e do próprio grupo onde ele está inserido, mas, o que me chama a atenção nessa entrevista é Dr. Gil ter falado, pois ele tem peso, sua palavra sempre é levada em consideração. Ele fala do grupo que ele mesmo ajudou a chegar a poder e uma declaração como essa é capaz de deixar o Hilário sem dormir por 3 dias”.

Informações de César Mello.




                   Blog manhã nordestina .

Nenhum comentário:

Página no Facebook