terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Denúncia de falta de seringas, soro fisiológico e até de esparadrapo levam vereadores de oposição até à UPA Mestre Camarão no Brejo da madre de Deus.PE



Uma denúncia feita por funcionários da UPA Mestre Camarão, fizeram com que os vereadores focem até o local para verificar a veracidade dos fatos. A denúncia apontava que na UPA estava faltando vários produtos básicos para o atendimento da população, como seringas de aplicar injeções, soro fisiológico, esparadrapo e muitos outros, como material de limpeza por exemplo.


Os vereadores estavam na reunião da Câmara de Vereadores no começo da noite desta segunda-feira dia (28), quando em seu pronunciamento, o vereador Bolão sitou a denúncia que recebeu e sugeriu que os vereadores Júnior de Miguelão que é presidente da Comissão da Saúde, ele Bolão que é relator e o vereador de situação Laelson, (Zé da Roça) que é membro da comissão focem até o local suspendendo a reunião por alguns minutos, para ver se realmente as denúncias eram verdadeiras, Zé da Roça explicou que isso não seria necessário que teria outras ocasiões para constatar isso, mas mesmo assim o presidente da casa Flávio Diniz suspendeu a reunião por 30 minutos e os vereadores Júnior, Bolão, e Avecino foram até a UPA. Os vereadores de situação que estavam na casa preferiram ir embora e nenhum acompanhou a visita à UPA.

Ao chegarem na UPA, conversando com alguns funcionários, os vereadores constataram que as denúncias eram verdadeiras, que realmente estava faltando o material básico, e que para um paciente tomar uma medicação que fosse direto na veia, tinha que se deslocar até a cidade de Jataúba, por que na UPA estava sem seringas. Uma mulher de nome Jacie, estava no local e também relatou a falta dos produtos necessários para o atendimento básico, já que ela foi atendida  na UPA na tarde do mesmo dia, e era para ela ficar em observação tomando soro, mas não tinha o soro e nem seringas para fazer o procedimento.




Os vereadores vão formalizar uma denúncia nas autoridades competentes, e vão até as últimas consequências para garantir a população no mínimo o básico no atendimento, por que como está não pode continuar. Mais capítulos dessa novela vão acontecer, isso pode ocasionar em consequências graves para o gestor municipal

Reportagem de Júnior divulga brejo



Blog manhã nordestina

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Denúncia de falta de seringas, soro fisiológico e até de esparadrapo levam vereadores de oposição até à UPA Mestre Camarão no Brejo da madre de Deus.PE



Uma denúncia feita por funcionários da UPA Mestre Camarão, fizeram com que os vereadores focem até o local para verificar a veracidade dos fatos. A denúncia apontava que na UPA estava faltando vários produtos básicos para o atendimento da população, como seringas de aplicar injeções, soro fisiológico, esparadrapo e muitos outros, como material de limpeza por exemplo.


Os vereadores estavam na reunião da Câmara de Vereadores no começo da noite desta segunda-feira dia (28), quando em seu pronunciamento, o vereador Bolão sitou a denúncia que recebeu e sugeriu que os vereadores Júnior de Miguelão que é presidente da Comissão da Saúde, ele Bolão que é relator e o vereador de situação Laelson, (Zé da Roça) que é membro da comissão focem até o local suspendendo a reunião por alguns minutos, para ver se realmente as denúncias eram verdadeiras, Zé da Roça explicou que isso não seria necessário que teria outras ocasiões para constatar isso, mas mesmo assim o presidente da casa Flávio Diniz suspendeu a reunião por 30 minutos e os vereadores Júnior, Bolão, e Avecino foram até a UPA. Os vereadores de situação que estavam na casa preferiram ir embora e nenhum acompanhou a visita à UPA.

Ao chegarem na UPA, conversando com alguns funcionários, os vereadores constataram que as denúncias eram verdadeiras, que realmente estava faltando o material básico, e que para um paciente tomar uma medicação que fosse direto na veia, tinha que se deslocar até a cidade de Jataúba, por que na UPA estava sem seringas. Uma mulher de nome Jacie, estava no local e também relatou a falta dos produtos necessários para o atendimento básico, já que ela foi atendida  na UPA na tarde do mesmo dia, e era para ela ficar em observação tomando soro, mas não tinha o soro e nem seringas para fazer o procedimento.




Os vereadores vão formalizar uma denúncia nas autoridades competentes, e vão até as últimas consequências para garantir a população no mínimo o básico no atendimento, por que como está não pode continuar. Mais capítulos dessa novela vão acontecer, isso pode ocasionar em consequências graves para o gestor municipal

Reportagem de Júnior divulga brejo



Blog manhã nordestina

Página no Facebook

 

Manhã Nordestina Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger